seis estão me seguindo

Hora

CLIQUE NAS IMAGENS PARA AMPLIAR!

sábado, 1 de agosto de 2009

na corda bamba...

15 comentários:

Maria Emília disse...

Fantástica visão do Mundo.
Um abraço,
Maria Emília

Cosmunicando disse...

Tonho, seu trabalho é todo ele muito bom, adorei seu blog.
beijos

Cosmunicando disse...

ah, e também muito gostoso ouvir o Lenine aqui...

BAR DO BARDO disse...

é o tonhO na pickup???

bom...

Luísa disse...

Na corda bamba sem cair...Quem ainda suporta esse globo tão mal tratado por todos?
Tu, claro!
Eu, também!
Há mais alguém?

BJNHS

myra disse...

sim , Luisa, eu...suporto e tenho confiança e esperança que vai se arrumar...quem sabe qdo por eqto aguentamos na Tua corda bamba:) e Tonho, como sempre acho vc. genial!!!

Menina do mar disse...

Eu Luísa! Rsrsrsrs
Mais uma obra de arte Tonho!
É isso tudo, um mundo na corda bamba... somos uns egoístas..
Bjos

Marisete Zanon disse...

Oi Tonho! Ainda bem que sempre dizer: que lindo, não gasta não é mesmo, pq se gastasse eu não poderia mais vir aqui comentar...rss..
esmaques!

Marisete Zanon
Ah, o Pimenta deixou um comentário lá na minha cafeteria dizendo pra eu te tratar muito bem e te servir um café colonial (hehehe). Já pegou seu presentinho lá?

Diu Mota disse...

É assim que estamos.
Abraço!

Mari Amorim disse...

Olha Tonho que mundo
Na corda bamba
girando no escuro!

PARABÉNS!
mARI

Barbara disse...

Sempre estêve na corda bamba - sempre foi reflexo de nós, que também não acostumamos a pisar chão.
Só que agora o fato e a atitude são mais radicais.

Luísa disse...

Estou na corda bamba há dias...com saudades de novos movimentos!

Beijinhos

Leila Pugnaloni disse...

Oi, Tonho, aqui estou, te seguindo também...e aprendendo com seu blog, que é lindo
bj

Batom e poesias disse...

Sem palavras...
A imagem fala por si!

Ah, o Pimenta disse que vc é um canalha...rss

bjs
Rossana

Wania disse...

"Chora a nossa pátria mãe gentil
Choram marias e clarisses no solo do Brasil
Mas sei que uma dor assim pungente não há de ser inutilmente
A esperança dança na corda bamba de sombrinha
E em cada passo dessa linha pode se machucar
Azar, a esperança equilibrista sabe que o show de todo artista tem que continuar"

Tua bela ilustração me fez lembrar de "O Bêbado e a Equilibrista" de João Bosco e Aldir Blanc na bela voz de Elis.
LINDO, Tonho, com o tu que vem de ti!

Bjssss.