seis estão me seguindo

Hora

CLIQUE NAS IMAGENS PARA AMPLIAR!

quarta-feira, 1 de junho de 2011

Passaredo → 'pintando' a Aquarela E'cocô'lógica

:o(

"É através do 'cocô' dos pássaros
que prolifera a diversidade na floresta."


Desenho para 4º Salão de Humor EcoCartoon
(não classificado ou selecionado),
cujo tema foi Conservação da Biodiversidade.


28 comentários:

MIRZE disse...

FANTÁSTICO, TONHO!

Super genial passaredo pintando "Aquarela do Brasil!"

AH! esse coqueiro que dá coco.... aonde mora minha rede...e onde a lua vem brilhar....

(Só nunca vi um coqueiro que não desse coco)

Beijos

Mirze

expressodalinha disse...

Chuva colorida. País de contrastes.

Wania disse...

Tonho

É aqui nestas tuas fontes de criatividade que mato a minha sede! Lindo este meu Brasil brasileiro!!!!!


Bj verde e amarelo ;)

Luiza Maciel Nogueira disse...

Adoro seus desenhos Tonho, espetacular as idéias, a execução!

Beijos

Ramiro Conceição disse...

GAIA
by Ramiro Conceição


No imaginário Norte: brancos cabelos à sorte.
No imaginário Sul: silêncios brancos do azul.
Entre os pés e a cabeça: sonhos e florestas
de flores amarelas, vermelhas - e tão azuis…

Entre Norte — Sul o admirável sucedeu:
conquistas, assassínios e o amor de Deus.
Entre o céu e a terra uma história nasceu:
aquela em que os deuses são filhos, seus!

A pérola azul, uma lágrima divina,
gira o ocidente ao oriente ao ocidente
com dois corações castanhos em si…

Aquele à direita - é a África bendita!
Violentada pela ganância branca e vil.
O indígena à esquerda ferido - é o Brasil!

Luísa disse...

Rio!Aconselho o filme "RIO".
tem cor, tem samba, tem acção e animação!
Tem muito do teu Brasil, das cores e dos aromas mil!
E, quando a chuvar pintar, anima-te só a observar...Plic!Ploc!Diz a chuva ao chão molhado! Plic!Ploc! Já está tudo encharcado!!!

Beijinhos mil, Tonho El Criador!!!!

João Menéres disse...

Havias de ver o cócó que as andorinhas deixam no cimento do pátio sob aquele ninho que mostrei !

Mas...não tem as cores que pintas nesta AGUARELA BRASILEIRA !

E, se eu olhar à volta, vejo tudo ainda mais NEGRO !...

Brilhante e sempre genial, TONHO !

Um X ainda > !

Diu Mota disse...

Muito bom!!!! Adorei passar aqui de novo.
inté!

Adriana Godoy disse...

Ah! Tonho! Que beleza...quem diria, o cocô desenhando a nossa história. Ecocô-logia. Beijo

Em@ disse...

Amei!
O cocó nem sempre é para ir pelo cano abaixo! por aqui chama-se estrume...seja de pássaro ou não.
__________adoro a sua playlist!
beijo, TONHO:

Rocio Rodi disse...

Ei Tonho,

Se vê que coisa, típico do humor inteligente que nos torna felizes, pensativos e mais aprendentes...

Adorei, de verdade e sonho - húmus é também promessa de Vida! Ilustra o dito "os opostos se atraem" - são um só!

Chique! Sejamos cada vez mais Felizes!

Lara Amaral disse...

Sensacional! Que ideia genial, querido Tonho. O desenho ficou lindo de viver!

Beijo.

myra disse...

é sim, e como sempre mararavilha, e junto com a musica, mais ainda, e eu adoro vir aqui!!!
imensos beijos

A Mina do cara! disse...

que beleza!

escrever muito é desrespeito.

um abraço

Doomer disse...

:)

Doomer disse...

:)

Mariza Delandrea disse...

Mestre by Tonho!!! Irretocavelmente lindo!!!

Abraços

Mariza

Luísa disse...

Esticaste a corda da clave de sol...
Que bem que ficou!Afinada!!!!!
Bjnhs mil

Ramiro Conceição disse...

Tonho,
uma homenagem ao seu Berimbown em Sol…


VAGALÚMEN*
by Ramiro Conceição

[…]

- Pai, aonde qu’eu tô?
- Debaixo da mesa.
- Que mesa?
- A mesa da sala.
- Que sala?
- A sala da casa.
- Que casa?
- A casa da rua?
- Que rua?
- À beira do mar?
- Que mar?
- Uma paisagem da Terra.
- Que terra?
- O vagalúmen azul.
- Mas, papai, minha paisagem é diferente.

(E um céu de criança foi à praia ver o mar,
falando baixinho, baixinho, e encontrou
a música.)

[…]


*PS: um pedaço do poema “Vagalúmen”, editado pela Escrituras, SP, 1999. O diálogo – entre a filha (à época, com 5 anos) e o poeta- realmente existiu.

Ramiro Conceição disse...

JARDIM DA VIDA
by Ramiro Conceição


O Belo
é fruto da árvore da Beleza
que se planta, que se cuida,
no Jardim da Vida…
Não é ilha, não se compra,
não se vende: se partilha!

Eraldo Paulino disse...

Tá uma cagada isso aqui!

Abraços férteis!

Rocio Rodi disse...

Menino do céu!
E pensar que 2011 é o ano internacional da floresta. "Aquarela do Brasil", mostra a tua "cara"!

Adriana Karnal disse...

Tonho,
trepa no coqueiro,tira coco nheco nheco...lindo, meuamigo.

Batom e poesias disse...

Adorei o desenho, a idéia, os comentários e até o cocô colorido.

Você é tão bom, que desperta o melhor das pessoas.

bj
Rossana

Sylvio de Alencar. disse...

Caraca!!!!
UM TESÃO!

Ô meu, vai lá no meu pedaço e dá uma bisoiada na animação.

Falô, ferão!

Ramiro Conceição disse...

À Bandeira do Brasil, que chora...


BIG-BANG´
by Ramiro Conceição


Construímos casas,
condomínios, partidos,
vielas, fábricas e favelas.
Construímos casamentos,
tormentos, fortalezas,
igrejas e testamentos.
Construímos aldeias,
ideias e cadeias.

Construímos o mundo...
Contudo tudo é nômade
qual o canto profundo
do Big-Bang ao fundo...

Saber pouco é danoso,
mas muito é perigoso!
Então o que saber
do quê que não se vê?
Ora, a Vida revelada!

Quem nasceu? Quem morreu?
Quem sofre? Quem ama? Quem clama?

Quem dorme com as flores na cama?
Quem tece foices à noite nas ramas?

Quem brilha? Quem cintila? Quem brinca?
Quem está ensolarado, num dia nublado?

Quem sabe que nunca saberá
pois sempre haverá um “MAS”

que muda tudo? Quem, mesmo
com medo, inventa o lúdico?!

Glen Batoca disse...

Excelente trablho,ótima composição e um belo visual,realmente classificações,resultados em salões são sempre muito subjetivos e este trabalho exemplifica bem isto!

BAR DO BARDO disse...

Eu gostei!