seis estão me seguindo

Hora

CLIQUE NAS IMAGENS PARA AMPLIAR!

sábado, 30 de julho de 2011

Tempo.r.ais...uis. Eis!




É lama afora,
sonhos e mãos ao alto, olhos inundados,
encharcados de chão.

desaguando caminhos de dentro dos olhos
(dis)secando a terra
e o coração,
afogando em guerra
por uma salvação
nesses tantos e simultâneos extremos.

(San)



gente à des(agua)vario...
e, qualquer passo a frente,
só enche a gente de desilusão.

(San)

22 comentários:

Lara Amaral disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Lara Amaral disse...

Muito choro lá de cima para pouco amparo aqui embaixo.

Beijo go-te-ja-do.

myra disse...

tem que cuidar a agua, sim, mas nao posso deixar de te mandar litros e litros de beijos:))))))
e tembem gosto muitisimo do Lennon!!

Wania disse...

Tonho querido


E que TEMPO.r...AI, AI, AIS!!!


Bjks encharcadas ;)

MIRZE disse...

Tá chovendo por aí, amigão? Vou pedir aos céus para que imite sua arte. "CHUVA NUM FUNIL SOBRE ÁREA SECA DO BRASIL"

Beijos

Mirze

Lua Nova disse...

Num temporal de pensamentos, a idéia perfeita é só uma gota...
Adoro vir aqui.
Beijokas.

Li disse...

Lindo! Adorei!
Realmente é necessário uma providência rápida, pois logo, logo, além da fome, a sede também começará bater às portas!
Beijinhos
Li

João Menéres disse...

Meu caro amigo :

Os comentários nesta tua criação são todos de primeira água.
Correspondem à maravilhosa criação da tua mente !

Imagina que no dia 2 de Agosto a minha neta mais velha fará 12 anos e aqui no Porto, em pleno Verão, está previsto chover nesse dia...
A festa, como é hábito, será aqui em casa, aproveitando o amplo jardim e a piscina. Que vou fazer para "segurar" quase 50 amiguinhas e amiguinhos ?

É pouca sorte, coós diabos !
É a primeira vez que tal sucederá...


Um abração.

Sam disse...

é lama afora,
sonhos e mãos ao alto, olhos inundados,
encharcados de chão.
desaguando caminhos de dentro dos olhos
(dis)secando a terra
e o coração,
afogando em guerra
por uma salvação
nesses tantos e simultâneos extremos.

Grannnnde Tonhoooo.

Beijo meu :)




gente à des(agua)vario...

e, qualquer passo a frente,

só enche a gente de desilusão.

artebaiao disse...

Caríssimo!!!
Água concentrada e parece que só chove em cima da gente!!!JAJAJAJA!!
Um bom abraço, é muito bom te ver!!!

Elisa T. Campos disse...

Passei para dar uma espiada. Adoro ver
o que você faz.

Um abraço.

Eu/Nice disse...

A água me transbordou e deixei sair...
Temporais também fazem parte de nossas vidas.
É necessário, porém, ter fé para resistir e a-guardar o sol...
Beijooo...
Nice

Ivan Bueno disse...

Reaproveitamento de águas pluviais, foi a primeira coisa na qual pensei ao ver este desenho que serve pra ser usado em campanhas mais direcionadas a projetos de engenharia e arquitetura visando o incentivo de mais e mais projetos residenciais, comerciais ou industriais onde a água pluvial seja reaproveitada. É simples, mas muito pouco usado!
Grande sacada, Tonho.
AbraçUAI.

Ivan Bueno
blog: Empirismo Vernacular
www.eng-ivanbueno.blogspot.com

Adriana Godoy disse...

Tristemente criativo. Ai, Tonho! Assim vai ter inundação aqui em casa! Beijo


PS: Em Beagá não chove há muitos e muitos dias. Seca, ar seco, pouca umidade no ar. Chove aí e aqui nada. Pois é.

Dario B. disse...

Rapá, ver e rever este blog é melhor que qquer terapia, vc cada vez melhor e certeiro. Forte abraço, Tonho.

Sam disse...

Ahhh meu querido, te fazer companhia nas palavras neste "fantástico mundo de tonho"é mais que uma honra.

Obrigada pelo carinho, Granndeeee Tonho!

Vc que me enriquece com sua criatividade infinita.

meu beijo :)

Eraldo Paulino disse...

COMOvem os choros?

não sei...

mas choro é choro...

Demais isso, Tôin-o

Abs!

Lou Albergaria disse...

chorar tempera a chuva...

Lindo seu blog! Amei! Cheguei aqui através da Lara Amaral e fiquei encantada com sua arte. Parabéns!

Beijos!!!

Batom e poesias disse...

Esperei a chuva parar, para vir.
Goteja ainda...

bj
Rossana

Eu/Nice disse...

A água seguiu seu rumo,
a natureza também deve prosseguir...

MetAMORfoseante o novo desenho...
Transmite persistência, trabalho, esforço, paciência, superação...

Já disse Rubem Alves: "Não haverá borboletas se a vida não passar por longas e silenciosas metamorfoses."

Beijooo...
Nice

Sylvio de Alencar. disse...

Um balde cheio, até aqui de mágoa?
Haja balde pra tanta (se formos ver por um lado só).

AbraSô!!!!!!!!

Berzé disse...

Oi Tonho!
Sempre muito bom e refinado.
Abração!
Berzé