seis estão me seguindo

Hora

CLIQUE NAS IMAGENS PARA AMPLIAR!

sexta-feira, 24 de fevereiro de 2012

"Alagados" (há lá, gados e seres?)


18 comentários:

Anônimo disse...

Quem está ALAGADO ?
Em Portugal está tudo SECO !

Tonho: por favor manda-me um email. Queria pedir-te um favor piquinino e no pc não tenho o teu email.

Um XI grande.

João Menéres

Ivan Bueno disse...

Grande Tonho,
Não achei essa chuva "nonsense", não. Pra mim é uma chuva "consense". (rs...) A propósito, se continuar boiando sem girar, ainda há esperança.
AbraçUAI.
Ivan.

Adriana Godoy disse...

chove por aí. aqui o sol abunda.
a arte sobrevive. beijo

Luiza Maciel Nogueira disse...

arrasou! ou alagou rs

beijo

myra disse...

aqui somente vento!
como sempre, amei!

Berzé disse...

Oi Tonho,
dei uma escapada mas tô de volta, vendo essas maravilhas.
Abração!
Berzé

Regina Márcia Oliveira disse...

Aqui em Minas faz um sol de rachar. Lindo demais!
Forte abraço.

BRANCAMAR disse...

Maravilhoso este desenho Tonho e o trocadilho de palavras também.
Uns alagados e outros sem água nenhuma. Este ano só usei uma vez o guarda-chuva neste Inverno Português sequíssimo.

Bom se o seu post fôr um prenúncio de água, pois também faz falta.

Beijinhos

Samara Bassi disse...

alago
minha seca
despencada
naquele lago
sedento
de me inundar de ti.

Grannnnnnde Tonhooo ;)
Sam.

Fred Caju disse...

Itamar Assumpção - É tanta água. Tocando agora.

expressodalinha disse...

Por cá não chove faz 2 meses. Uma seca!

Wania disse...

Tonho,

Às vezes, secos; outras, molhados! ;)


A tua arte é inconfundível, meu amigo!



Bjão

João Menéres disse...

Em que blog teu, eu disse que comentava à noite ?
Estou perdido, TONHO...

Eraldo Paulino disse...

A gente não quer só dilúvio
a gente quer dilúvio, político incompetente e lixo no bueiro
a gente não quer só enchente
a gente quer sujeito pra oração-sem-sujeito

Abraços, tonho. E vê se não enche =D

Maria disse...

Não somos capazes de entender que na vida tudo vala a pena.
A Natureza bem nos dá lições, mas não queremos aprender.
De tudo fica sempre uma lição, e eu olhando uma fotografia que tirei a uma macieira há dias, fiquei a olhar, não para a fotografia, mas para o motivo, pensando que nada é tão mau como nos parece.
Não será melhor fechar este chapéu de chuva e deixar que a água pura lave a Terra cheia de más intenções...?
Abraço
Maria

Elisa T. Campos disse...

Alagados aí
Um sol escaldante aqui
ultimamente

Um abraço

Diogo Didier disse...

O que estamos fazendo com o nosso planeta? Até onde chegaremos com tanta ganância? Será que a Terra resistirá por mais tempo?! Estas perguntas me inquietam porque não consigo encontrar uma resposta a curto prazo para elas...

Wal Alves disse...

Cara essa esta show de bola parabens grande tonho muito massa velho!!